Archive for the ‘Antes de Partir’ Category

Bem…

05/04/2009

Aviso: Quero deixar claro aos visitantes antes de iniciar essa leitura do conteúdo  postado no meu blog, que ela possui uma narrativa ácida com uma certa, digamos, “etiqueta viking” ou seja, o meu jeito de escrever.
Os amigos e pessoas com quem convivo e que me conhecem bem (os que não conhecem tão bem, passarão a conhecer, e os que já conhecem, conhecerão ainda mais um pouquinho), sabem que uso gírias e palavrões como vírgulas, faço comparações sacanas e bem-humoradas (algumas vezes). Embora o deboche e o sarcasmo também dêem as caras, no fim todo mundo se diverte e é isso que importa!
Por isso querido (e desde já bem-vindo) estranho, deixo isso muito claro para seu conforto (que segundo alguns que lêem, lembram de mim como se estivesse naquele momento falando a seu lado) pra que não passe por certo constrangimento ou se sinta agredido pelo conteúdo. Você não é obrigado, nem deve, passar por isso. Clica aí em cima à esquerda, nesse “x” num quadrado vermelho (você que tem mac, na bolinha vermelha) pra fechar a janela do navegador…
Obrigado a todos pelas visitas, e por compartilharem essas histórias, fatos curiosos, engraçados e inusitados da minha experiência e toda a minha ignorância, de vinte e dois dias vivendo numa cultura oriental milenar. 😉

Partida 20 de outubro de 2008. Rio de Janeiro.

05/04/2009

Ainda no Aeroporto Internacional documentando o embarque, estávamos conversando sobre o quanto estávamos anciosos, e especulando o que nos aguardava naquele país. O tempo estava limpo pra vôo, sendo assim nada de atrasos como já havia virado rotina nos aeroportos brasileiros há algum tempo… Conversamos também se conseguiríamos aproveitar bem nossas 12 horas na França, que na verdade acabariam por ser umas 8 ou 9 descontando o check-in e tal, apesar de não ser o destino final, era a primeira vez que nós dois conheceríamos Paris e também estávamos um tanto anciosos pra saber como seria a recepção e aceitação, já que houvíamos histórias quanto à relutância deles em falar inglês…

 

Apertando o 'start'

Apertando o 'start'

 

 

Céu limpinn limpinn

Céu limpinn limpinn.

 

Ainda no Brasil, perguntei pra uma amiga algumas coisas básicas e ela de pronto me ajudou, decorei algumas coisas e com cara de cachorro em porta de igreja eu perguntava:  *’Bonjour, comment allez-vous? Je suis brésilien et je ne parle pas français, désolé … vous parlez anglais?’
*Bom dia, como vai? Eu sou brasileiro e não falo francês, me desculpe… você fala inglês? E funcionou muuuito bem. Os fraceses deram o jeito e arriscaram algum inglês e nos viramos. Engraçado, é muito doido pedir informação como quem pede esmola, puta que paril…